Archive for the ‘Política’ Category

O Principio da Esperança do marxista Ernst Bloch e Lacan

janeiro 11, 2009

Os marxistas que acabam de chegar (2006), agora, às letras brasileiras, mas foram primordiais para formar o Outro disponivel para Lacan produzir os avanços clinicos e sustentar por eles e para eles a clinica do Real.
Investiguem na Bienal na Ed Contraponto, vale a pena.

“Eros dialeticamente aberto” para o novo e o futuro:

“Somente ao se abandonar o conceito imóvel e fechado do ser surge a real dimensão da esperança. O mundo está, antes,repleto de disposição para algo, latência de algo,e o algo assim intencionado significa plenificação do que é intencionado. Significa um mundo mais adequado a nós, sem dores indignas, angústia, auto-alienação, nada. Esta tendência, porém, está em curso para aquele que justamente tem o novum diante de si. É somente no novum que o para-onde do real mostra a determinação mais fundamental do seu objeto, e esta convoca o ser humano, em quem o novum tem os seus braços. O saber marxista significa que os difíceis processos de ascensão se desenvolvem tanto no conceito quanto na práxis. Na problemática do novum reside a abundância de campos do saber ainda inabitados. Nela, a sabedoria do mundo torna-se novamente jovem e originária. Se o ser se compreende a partir do seu de-onde, então ele se compreende, a partir daí, apenas como um para-onde igualmente tendencial, ainda inconcluso. O ser que condiciona a consciência, assim como a consciência que trabalha o ser, compreendem-se em última instância somente a partir de onde e para onde tendem. A essência não é o que foi, ao contrário: a essência mesma do mundo situa-se na linha de frente.”

Anúncios

La política como el arte de hacer lo imposible

janeiro 11, 2009

Sobre diferentes formas de propriedade, sobre as condições sociais de existência, ergue-se toda uma superestrutura de sentimentos, ilusões, maneiras de pensar e concepções de vida distintas e peculiarmente constituídas. A classe inteira os cria e os forma sobre a base de suas condições materiais e das relações sociais correspondentes.

K. Marx,
O 18 brumário de Luís Bonaparte

Querida Barbara inspirada na sua pergunta , envio uma revista da turma da ciencias sociais de Londrina com um trabalho de estudos de politica , que tem o compromisso de transmissão , inspirado no seu nome – barbaro !
Permitem-se  estudos sobre  todos os espaços sociais ex: a condição agraria , mas neste numero deem atenção especial ao artigo La política como el arte de hacer lo imposible
*
Marta Harnecker
**
troquemos mais e mais , para conseguirmos respeitar o animal politico que somos.